Casa do Mandarim

    A Casa do Mandarim foi construída na década de 1880, na Travessa de António da Silva, no Bairro de S. Lourenço, para ser a residência do poeta-industrialista Zheng Guanying e nela viveram algum tempo os reformistas Kang Youwei e Liang Qichao, na sua passagem por Macau.
 
    Quando a Casa do Mandarim ficou pronta, Zheng Guanying compôs um poema de estilo Qi-que intitulado “Nova Morada em Macau”. O texto deste poema de quatro linhas, de sete caracteres cada, que seguem estritas regras tonais e de ritmo, diz-nos que da mansão se disfrutava uma panorâmica ribeirinha que se estendia desde o “Canal interior de Shizimen”até à Ilha Verde.
Endereço: Travessa de António da Silva, Macau
Rede de autocarros: 18、28B(Largo do Lilan)9、16(Rua da Pehna)
Próximo local: 12 minutos por caminhar

Informação detalhada
O Poeta-industrialista Zheng Guanying e a Reforma dos Cem Dias
Casa do Mandarim