Travessa da Gruta

  A Travessa da Gruta, que também já foi conhecida por Beco Yau I, situa-se perto da Travessa da Palanchica e comunica com a Rua da Gruta e a Praça de Luís de Camões. O novo topónimo foi publicado no Boletim do Governo de Macau em 26 Julho de 1869.
  Na realidade, o nome da rua está envolto em algum mistério. Segundo alguns estudos, o edifício sito no nº 11 do Beco Yau I e que era propriedade de Ho Lin Vong, um eminente comerciante chinês de Macau de finais da dinastia Qing, foi em tempos a sede da filial local da Sociedade para a Regeneração da China (Xingzhonghui). Mais tarde viria a ser um local de reuniões clandestinas dos membros da Sociedade da Lealdade Unida (Tongmenghui).

Travessa da Gruta