Rua George Chinney

A Rua George Chinnery tem cerca de 60 metros de comprimento e 6 metros de largura, sendo uma rua estreita e antiga com rampa, no sentido nordeste-sudoeste, que se situa entre a Rua de S. Lourenço e a Rua do Bazarinho. De acordo com o Cadastro das Vias Públicas de Macau publicado em 1957, esta rua era denominada Travessa do Hospital dos Gatos; entretanto, em Junho de 1974, o Governo Português de Macau concedeu-lhe um outro nome, para homenagear o pintor George Chinnery.
Porque se chama “千年利街” em chinês? Existem, sobretudo, duas explicações. A primeira explicação está relacionada com os critérios de tradução daquela altura, sendo “千年利” o nome de tradução oficial. A segunda explicação tem a ver com a pronúncia do nome chinês “錢納利”. De acordo com um deputado daquela altura, “錢納利” não soava muito bem e implicava o pagamento de juro devido ao empréstimo. Por isso, o nome foi alterado para “千年利”, que traria bom auspício e boa sorte.
George Chinnery foi um pintor britânico que viveu em Macau, em meados do século XIX. Ao longo da sua vida, ele criou mais de 10 mil obras com técnicas de pintura extraordinárias. As principais obras incluem “Pescadora”, “Praia Grande”, “Templo A-Ma”, “Igreja de São Domingos”, entre outras.
Apesar de não estar situada numa zona turística, esta rua tem ateliês de música, cafés, restaurantes de comida rápida e lojas diversas. É um local ideal para ter uma visita agradável.

Rua George Chinney