Rua do Bazarinho

A Rua do Bazarinho situa-se na Freguesia de São Lázaro, que fica no Sudoeste da Península de Macau. O comprimento da rua é cerca de 80 metros, enquanto a largura varia ao longo da mesma, tendo a parte mais larga cerca de 6 metros e a parte mais estreita 1 metro. A rua tem o sentido noroeste-sudeste, começa no lado do Pátio da Ilusão (Beco dos Coulaus) da Travessa do Mata-Tigre e termina na Calçada de Eugénio Gonçalves, fica em frente da Rua das Alabardas e penetra a Travessa de Maria Lucinda, a Rua da Casa Forte, a Rua George Chinnery, entre outras ruas. A palavra “Bazarinho”, no nome português desta rua, significa “feira pequena”.
Na entrada da Rua do Bazarinho, encontra-se o Templo de Foc Tac. De acordo com os moradores idosos desta zona, antigamente, quando ainda não existia a Rua do Bazarinho, os moradores da Freguesia de São Lourenço montavam altares nas beiras da actual Rua do Bazarinho. O Templo de Foc Tac da Rua do Bazarinho deve ser o antecessor do Templo de Foc Tac da Freguesia de São Lourenço. Todos os anos, no dia da Festa de Tou Tei, são convidados monges para realizar rituais religiosos.
Esta rua era conhecida pelas suas casas de prostituição. Em 1905, o Governo Português de Macau publicou o Regulamento das Casas de Prostituição de Macau (“澳門娼寮章程”), ao abrigo do qual as casas de prostituição foram classificadas em três categorias, tendo sido as da Rua do Bazarinho integradas no âmbito da primeira categoria.
A Rua do Bazarinho é uma rua estreita que não chama de imediato à atenção de ninguém. Lá não se encontram muitas várias lojas nem visitantes. Entretanto, esta rua aguarda sempre pelas pessoas que sabem apreciar o seu charme.

Rua do Bazarinho