Travessa do Roquete

  A Travessa do Roquete começa no Largo do Senado e termina na Rua da Sé. Faz parte do percurso da procissão de Jesus, da procissão de Nossa Senhora de Fátima e de outras procissões. O nome de Travessa do Roquete apareceu registado pela primeira vez no boletim de Macau, publicado em 1888 pela administração portuguesa. O nome da rua tem origem no nome de um rico comerciante português, Francisco Xavier Roquete, que doou a sua herança à Santa Casa da Misericórdia de Macau.
  A localização da Travessa do Roquete está estreitamente ligada à do edifício da Santa Casa da Misericórdia, situado numa das extremidades da travessa, e também à do edifício dos Serviços dos Correios que com a mesma confina.
  O monumento em pedra, que já havia sido restaurado, foi escavado no dia 26 de Março de 1998, durante uma obra de repavimentação da rua, em frente do edifício nº 1 da Travessa do Roquete junto ao Leal Senado de Macau. Julga-se que no local onde o monumento foi encontrado teria funcionado um antigo orfanato, afiliado à Santa Casa de Misericórdia, uma instituição pública de beneficência fundada pelo primeiro bispo efectivo de Macau, D. Belchior Carneiro, em 1569.

Travessa do Roquete