Avenida do Infante D. Henrique

  Em 1932, a administração portuguesa determinou fazer um aterro desde a Fortaleza de São Francisco até à área do edifício das Repartições Públicas, e, em 1938, nele rasgou uma ampla estrada, a que deu o nome de Avenida do Infante D. Henrique.
  Muitos dos edifícios construídos e das zonas que foram nascendo, mostram-nos as alterações sofridas pela Avenida do Infante D. Henrique, tais como a inauguração da Praça de Ferreira do Amaral na rotunda do Hotel Lisboa, o primeiro edifício comercial e residencial, o Edif. Rainha D. Leonor, a construção do Liceu de Macau e da Escola Comercial, a criação do primeiro hotel de 5 estrelas em Macau, o Hotel Lisboa, a construção da Torre do Banco da China e a criação da Praça da Amizade.

Avenida do Infante D. Henrique
Antigo Campo dos Operários na Avenida do Infante D. Henrique