Travessa dos Anjos

  Em 1869, a administração portuguesa baptizou esta Travessa de Travessa dos Anjos, nome muito bem acolhido pelo povo chinês e português. Abastados empresários chineses construíram mansões nesta área.
  Na Travessa dos Anjos, muitas mansões de ricos empresários chineses serviram a causa escolar, formando uma "travessa de escolas". O número 37 da Travessa dos Anjos foi o local da mansão Song, cujas persianas horizontais da fachada foram mantidas e consideradas património arquitectónico.

Travessa dos Anjos